10 Documentários de moda

Separei 10 documentários de moda que valem a pena ser vistos já! Esses são os meus favoritos, a Rafa já fez um post com outras 10 dicas de documentários – a melhor parte? Agora você tem 20 documentários para assistir. Vamos então a minha seleção?
 

In Vogue: The Editor’s Eye

Baseado no livro homônimo, o filme explora o universo das grandes editoras de moda que fazem – ou fizeram – parte do Universo Vogue.O filme conta com a participação de  Anna Wintour, Grace Coddington, Tonne Goodman, Polly Allen Mellen, Camilla Nickerson, Phyllis Posnick e Babs Simpson além de outros ícones da indústria como Alber Elbaz, Nicolas Ghesquière, Marc Jacobs, Sarah Jessica Parker e Vera Wang (que também já liderou a revista). O lançamento do documentário  coincidiu com a comemoração dos 60 anos da revista Vogue, e mostra muitas das imagens que marcaram a história da publicação, e de suas idealizadora, as mulheres que tornaram-nas possíveis. 

Chasing Beauty

Mostra o mundo da moda do ponto de vista das modelos, mas não apenas o glamour, o filme destaca a outra parte do mundo da moda, que não tem brilho nem glamour e que por isso não está estampada nas capas da Vogue. Os sacrifícios feitos pelas modelos para chegarem ao topo, sem censura. CHASING BEAUTY examina os efeitos do mundo da moda na construção da imagem corporal e no psicológico de jovens. O filme examina o que é necessário para tornar-se uma top model: os sacrifícios, as exigências físicas e o investimento emocional que a carreira exige.A pergunta feita a modelos, fotógrafos, agentes, estilistas, cirurgiões plásticos, maquiadores e psicólogos foi: qual o custo da beleza e se o esforço vale a pena. Quer saber o resultado? Assista ao filme. Você pode dar uma olhadinha no perfil deles do facebook aqui.

Diana Vreeland: The Eye Has to Travel

A metade do século passado foi marcada pelo fenômeno Vreeland. Diana Vreeland, editora de moda da Harper’s Bazaar e em seguida editora chefe da Vogue Vreeland, passou pela Vogue e expandiu a capacidade criativa da indústria no comando da publicação. A impressionante qualidade de seu trabalho foi reforçada na época de sua saída da Vogue em 1971 pelo seu legado deixado – editoriais extravagantes e admiração por parte dos colegas e assistentes. saiu da Vogue em 1971. Os próximos capítulos a levaram para o Costume Institute at the Metropolitan Museum of Art onde apresentou exposições de sucesso incluido  Balenciaga, Yves Saint Laurent e Hollywood. O sucesso e a criatividade de Vreeland a tornam um ícone da moda. Reverenciada por designers e fashionistas, Vreeland continua viva na memória dos que a conheceram e através da sua obra. A vida e obra desta mulher são contadas no filme, assim como suas excêntricidades e idéias.

McQueen and I 

Mostra a vida do designer britânico Alexander McQueen, seus hábitos e vícios. McQueen foi encontrado morto em seus apartamento em Londres, e o filme busca através de entrevistas com amigos do estilista, modelos, jornalistas, o irmão e seu ex-namorado avaliar a carreira, o sucesso e as pressões que vem com ele – e que podem ter levado o estilista a cometer suicídio. O filme mostra o lado temperamental de McQueen e sua natureza imprevisível, além de retratar sua relação com a mulher que lançou seu talento para o mundo, Isabela Blow, que também cometeu suicídio. O filme está disponível no youtube.

Bill Cunningham New York 

Traz um perfil do veterano do street style Bill Cunningham, fotógrafo do New York Times  há mais de 30 anos que, através de suas lentes, mostra a moda das ruas de NY. O filme reúne celebridades, socialites, fashionistas (Anna Wintour e  Anna Dello Russo estão no filme) e o mais importante, as pessoas da sua amada cidade Nova Iorque. Se você ainda não conhece o trabalho de Bill Cunningham é uma ótima oportunidade para passar a conhecer, e se conhece vai apenas aumentar usa admiração pelo trabalho do fotógrafo. Por isso sem mais detalhes.

Marc Jacobs & Louis Vuitton 

É um filme rápido e cheio de ação, o “007” da moda.O filme mostra o processo de criação de uma coleção da Louis Vuitton, comandada por seu Diretor Criativo – e lenda da moda por seus próprios méritos – Marc Jacobs. Cheio de imagens da vida privada de Marc Jacobs, com festas, amigos famosos, modelos e claro, seu trabalho para sua própria marca e para a Louis Vuitton. É um must watch!

The September Issue

O aclamado documentário mostra todo o processo de criação envolvido na produção da edição de Setembro da Vogue Americana, além de mostrar com detalhe o trabalho de todos os editores envolvidos. Além do “figurino” fantástico, o que mais me agrada são as cenas em “OFF”, o escritório da Vogue, as discussões… enfim, todo o processo que envolve a criação da revista até a materialização da mesma. O lado bom é que nós, pobres mortais, temos a chance de conhecer o trabalho de contribuidores menos famosos, stylists que ainda não estouraram… o filme mostra o trabalho envolvido em todo esse processo. Anna Wintour, a queridíssima Grace Coddington  e Tonne Goodman são algumas das figurinhas carimbadas que você vai poder ver mais de perto. Ainda não viu? Dê um jeito de assistir.

Seamless

O filme  mostra todo o esforço e trabalho de três jovens designers na luta pelo prêmio do Vogue and Council of Designers of America (CFDA): um prêmio em dinheiro e um mentor para ajuda-los a crescer. Os competidores não são tão desconhecidos… Doo Ri Chung, Alexander Plokhov e os designers da Proenza SchoulerLazaro Hernandez  e Jack McCollough. Todos igualmente talentosos, trabalhando duro e tentando fazer um empreendimento a partir de suas paixões. O único problema é que só haverá um ganhador… não deixe de assistir! O filme mostra todo o esforço por trás de uma coleção.

“The Secret World of Haute Couture” 

O documentário da BBC que “explica” ou tenta explicar a complexidade da Haute Couture, a formação dos preços e  tenta conhecer as pessoas que fazem as peças, assim como os compradores, e entender um pouco mais o mundo secreto da Haute Couture. O filme é relativamente recente, e mostra com detalhes a temporada SS’06 de Haute Couture. Eu também não assisti…

“Signé Chanel”

O excêntrico Karl Lagerfeld abre as portas da Maison Chanel no filme “Signé Chanel”. As câmeras desta vez estavam atrás das cortinas, e mostram os locais e os funcionários da marca: publicistas, costureiras e os “artesãos” de luxo por trás das peças da marca francesa. Originalmente produzido pelo canal franco-alemão Arte, o filme é uma oportunidade única de ver o processo criativo de Lagerfeld e sua equipe durante a temporada Inverno 04/05. Toda a transformação dos sketches de Lagerfeld em roupas de verdade, as costureiras da marca (que são responsáveis pelos bordados incríveis que vemos nas peças) e todos os envolvidos no processo criativo estão no filme.A composição visual é elegante e o filme é interessante até para os menos interessados em moda. Não vou falar mais, assistam.

images_ google