4 motivos para incluir algas marinhas na dieta e rotina de beleza

Há muita riqueza nos oceanos, afinal eles compõem cerca de 70% do nosso planeta.

“Do ponto de vista alimentar, as algas marinhas representam um dos grandes tesouros do oceano, pois absorvem nutrientes do fundo do mar. Isso faz com que alguns desses vegetais aquáticos sejam ainda mais ricos em proteínas, fibras, vitaminas e minerais, do que as frutas e vegetais cultivados na região. Tudo isso se dá pela eficiência fotossintética e por conseguir, muitas vezes, suportar condições extremas, como o frio, durante seu estado vegetativo, reservando energia que será disponibilizada quando as condições voltarem ao normal”, explica a médica nutróloga Dra. Marcella Garcez, diretora e professora da Associação Brasileira de Nutrologia.

Ultimamente tratadas como superalimento, as algas têm aparecido em todos os lugares: em bebidas, refeições, cosméticos e até em suplementos. Se você quer saber por qual motivo as algas se tornaram tão populares, veja agora 4 benefícios que elas trazem para a saúde:


MELHORA DA SAÚDE CARDIOVASCULAR

Alguns estudos mostraram que as algas marinhas reduzem o risco de doenças cardíacas, enquanto muitos especialistas concordam que elas estabilizam os níveis de açúcar no sangue, graças ao seu rico conteúdo de fibras.

“As algas marinhas são ricas em fibras, que podem reduzir os lipídios sanguíneos e melhorar o controle do açúcar no sangue”, observa a cirurgiã vascular Dra. Aline Lamaita, membro da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular. Além disso, há um efeito detox no sistema sanguíneo e linfático. “Como muitas delas possuem arginina, taurina e sais minerais, as algas também aumentam a produção de oxido nítrico e melhoram a vascularização”, completa a cirurgiã vascular.


MAIS ENERGIA

A forma comestível de algas é rica em fibras, o que é ótimo para promover a saciedade, reduzir o inchaço e facilitar a digestão. Além disso, pelas condições climáticas que enfrentam, as algas (orais ou em ingredientes de cosméticos) também podem funcionar como um booster energético.

“É o caso do suplemento Bio-Arct e do ingrediente tópico Arct-Alg, ambas oriundas das algas vermelhas hibernadas no Mar Ártico, denominada Chondrus crispus. Esta biomassa integral e 100% natural concentra o dipeptídeo citrulil-arginina, microminerais, florosideos para assegurar reservas energéticas para a estação da primavera. Com isso, ela age na pele para aumentar a expressão de sirtuínas, que regula o metabolismo energético da mitocôndria – o pulmão das células. Então, no nosso corpo, os ingredientes têm a capacidade de triplicar a produção energética e fornecer ao organismo uma energia de boa qualidade, evitando o desgaste celular e de outras proteínas mantendo a homeostasia de forma equilibrada e balanceada”, afirma Maria Eugênia Ayres, gestora técnica da Biotec Dermocosméticos.

Outra que entrou no gosto popular é a alga verde de água doce chlorella. “Rica em clorofila e proteínas com todos os aminoácidos essenciais, essa alga pode apresentar alto conteúdo de gorduras boas, compostas de ácidos graxos insaturados e carboidratos complexos, com boa concentração de fibras alimentares. Entre as vitaminas, é rica em vitaminas do complexo B, principalmente a B12 e, entre os minerais, apresenta altas concentrações de ferro e boas quantidades de selênio”, diz a Dra. Marcella.


IMUNIDADE

A maravilha subaquática contém muitos minerais e vitaminas que fortalecem o sistema imunológico. “As algas marinhas são uma fonte de potentes antioxidantes, vitaminas, além de serem reguladoras do funcionamento intestinal, pela concentração de fibras”, afirma a Dra. Marcella. Tudo isso colabora para fortalecer a imunidade.


ANTI-AGING NATURAL

As algas – aplicadas topicamente ou ingeridas – são ótimas para combater problemas de pele e sinais de envelhecimento.

“As algas marinhas trazem importantes benefícios antioxidantes à pele por conterem minerais como magnésio, cálcio, ferro, manganês e, assim, combatem os radicais livres, diminuindo o estresse oxidativo, grande vilão do envelhecimento. E, ainda contam com a presença do silício orgânico, que estimula a hidratação da pele”, destaca a cosmetóloga Ludmila Bonelli, CEO da Be Belle.

De acordo com a farmacêutica Maria Eugênia Ayres, as principais algas para atuar como anti-idade natural da pele são: Arct-Alg (booster energético para as células da pele), Algisium C e Lanablue. “Algisium C é o ácido manurônico, extraído da laminaria, uma alga marrom. Ele estimula a síntese de colágeno e elastina, responsáveis pela firmeza e elasticidade da pele, além de hidratar e melhorar a textura do tecido cutâneo.

Já Lanablue é um extrato de cianofíceas endêmicas (algas azul-esverdeadas), ricas em vitamina B, aminoácidos e pigmentos específicos. Na pele, o ativo atua como um retinol natural, melhorando a renovação celular sem causar a irritação e vermelhidão comum dos ácidos”, afirma Maria Eugênia.


Outros benefícios

Já que contêm ferro e cálcio, nutrientes que ajudam na sustentação dos ossos, e ácidos graxos ômega-3, benéficos para as articulações, as algas também são importantes para a saúde ortopédica. Além disso, o ômega-3 também é importante para melhorar a saúde dos olhos e a melhora das condições cognitivas, que podem incluir melhor memória e desempenho.

“Estas algas, por serem desenvolvidas no mar, possuem grande concentração de iodo, que, usadas em dermocosméticos, atuam diminuindo o edema nos casos de celulite também”, afirma a cosmetóloga Ludmila Bonelli. “Mas é sempre importante consultar um médico que, após avaliação da necessidade do seu organismo, podem prescrever a melhor forma de incluir as algas na sua rotina”, finaliza a Dra. Marcella.


DRA. MARCELLA GARCEZ: Médica Nutróloga, Mestre em Ciências da Saúde pela Escola de Medicina da PUCPR, Diretora da Associação Brasileira de Nutrologia e Docente do Curso Nacional de Nutrologia da ABRAN. A médica é Membro da Câmara Técnica de Nutrologia do CRMPR, Coordenadora da Liga Acadêmica de Nutrologia do Paraná e Pesquisadora em Suplementos Alimentares no Serviço de Nutrologia do Hospital do Servidor Público de São Paulo.

DRA. ALINE LAMAITA: Cirurgiã vascular, Dra. Aline Lamaita é membro da diretoria (comissão de marketing) da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular (SBACV). Membro da Sociedade Brasileira de Laser em Medicina e Cirurgia, do American College of Phlebology, e do American College of Lifestyle Medicine, a médica é formada pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo (2000) e hoje dedica a maior parte do seu tempo à Flebologia (estudo das veias). Curso de Lifestyle Medicine pela Universidade de Harvard (2018). A médica possui título de especialista em Cirurgia Vascular pela Associação Médica Brasileira / Conselho Federal de Medicina. RQE 26557 http://www.alinelamaita.com.br/

MARIA EUGENIA AYRES: Graduada em Farmácia Industrial pela Faculdade Oswaldo Cruz com Pós-Graduação em Farmacologia Clínica. Atua no Setor Magistral desde 2000 onde atualmente é Gestora Técnica da Biotec. CRF 33.424

LUDMILA BONELLI: Cosmetóloga e CEO da Be Belle.