Bisso: a seda natural marinha mais rara do mundo

A seda que nós conhecemos é fiada por animais como lagartas, mas a Bisso, seda marinha é transformada em um material dourado e brilhante por Chiara Vigo, que coleta a saliva de uma variedade rara de mexilhão, Pinna nobilis, o maior molusco bivalve nativo do mar Mediterrâneo (pode alcançar até 1 metro).

O bisso: a seda natural marinha produzida apenas por uma mulher no mundo

Este linho fino, como também é chamado, pode até brilhar quando exposto ao sol se tratado com suco de limão e especiarias. Além disso, o tecido é tão leve que a pessoa nem sente tocar a pele.

Dizem que a bisso é tão fina quanto uma teia de aranha e é resistente à água, ácidos e álcoois. Dá pra acreditar que um tecido como esse existe?!

O bisso: a seda natural marinha produzida apenas por uma mulher no mundo

Chiara mergulha de 300 a 400 vezes até conseguir reunir todo o material necessário para produzir cerca de 200 gramas da saliva solidificada do molusco. Este processo acontece em todas as manhãs da primavera. O que achei mais interessante é que ela domina esta técnica que não faz mal algum ao mexilhão.

O bisso: a seda natural marinha produzida apenas por uma mulher no mundo

Depois de ter todo o material, Chiara vai para seu estúdio, o Museu do Bisso, começar o processo de tecelagem. O local fica na ilha de Sant’Antioco da Sardenha.

Todo o material fica de molho em uma mistura de oito algas e depois de seco, ela enrola os filamentos finos em conjunto com um fuso, para formar o fio dourado.

Ela gira os fios várias vezes para fortalecê-lo, pois só assim ele poderá ser utilizado em um tear antigo, porque ele é muito delicado e arrebenta quando colocado em um tear moderno.

O bisso: a seda natural marinha produzida apenas por uma mulher no mundo

“A própria Bíblia menciona indiretamente o bisso”, diz Angela Corrias, uma editora do Go Nomad. – “Lembre-se, quando se diz que o rei Salomão apareceu ‘brilhante’ em público? Por que você acha que isso aconteceu? Ele estava vestindo roupas feitas de bisso, que no escuro parece marrom, mas uma vez na luz, brilha como ouro”.

Como apenas Chiara faz este tipo de trabalho com bisso, suas peças são exibidas em museus em Roma, Londres, Nova York e Paris, e vários presidentes e papas receberam presentes com o tecido.

As peças são estimadas em muitas centenas de milhares de dólares, mas Chiara não aceita NENHUM dinheiro em troca do material que ela produz tão meticulosamente. Ela diz que vender seria como comercializar o vôo de uma águia. Além disso, Chiara acredita que o tecido traz boa sorte e fertilidade e por isso dá o tecido de graça para todas as pessoas que se aproximam para ajudá-la. Que mulher incrível!!!!

O bisso: a seda natural marinha produzida apenas por uma mulher no mundo

O bisso: a seda natural marinha produzida apenas por uma mulher no mundo

“Não é questão de dinheiro, jurei a minha avó e ao mar que conservaria a arte do bisso. O segmento mais importante para a minha família foi o fio de sua história, sua tradição”. Ninguém em sua família ganhou um centavo com isso. Chiara e seu marido moram em sua pensão e recebem doações ocasionais feitas por generosos transeuntes.

O bisso: a seda natural marinha produzida apenas por uma mulher no mundo
O bisso: a seda natural marinha produzida apenas por uma mulher no mundo

As portas do Museu do Bisso, de Chiara Vigo, estão sempre abertas e a entrada é grátis, claro. Como tudo em sua vida é diferente, até as visitas são modificadas de acordo com as necessidades dos visitantes.

Apesar de acreditarem que algumas mulheres idosas da região saibam como tecer a seda do mar, apenas Chiara colhe e produz o tecido regularmente na Itália.

O bisso: a seda natural marinha produzida apenas por uma mulher no mundo


O que acharam? Estou encantada e louca para ver o Bisso pessoalmente!