Corre e Costura, o reality show de Alexandre Herchcovitch

Não tem muito tempo que Alexandre Herchcovitch anunciou o seu desligamento de sua própria marca e ele já começou outro projeto.

Captura de Tela 2016-04-01 às 11.37.50

Ele estreiou no dia 28/03 o reality show Corre e Costura, no canal Fox Life. Ele, sua mãe e o assistente Rhody tem apenas dois dias para confeccionar uma roupa do zero sob encomenda para pessoas desconhecidas e que podem até nunca ter ouvido falar dele. O programa terá oito episódios de 30 minutos e irá ao ar semanalmente.

“O reality já foi totalmente gravado em novembro, dezembro e janeiro. Gravamos um episódio a cada dois dias, o tempo é bem real pois tenho dois dias de trabalho para entregar a encomenda pedida”, diz ao FFW.

No reality, Alexandre vai trabalhar bem longe dos holofotes da passarela, sem equipamentos, sem estrutura e sem um espaço fixo. Os clientes não serão famosos, mas sim pessoas comuns que estão passando por algum momento especial da vida e precisarão de uma roupa especial.

“Com essa experiência, confirmei que a roupa é muito importante para todos. Com ela as pessoas se mostram, se expressam e realizam seus sonhos”.

A responsável pela escolha dos casos é a própria Conspiração Filmes, produtora do programa. Eles selecionaram os oito casos para Alexandre nesta primeira temporada – a Fox tem interesse em produzir outras safras, a depender da agenda de Herchcovitch, que também está entusiasmado com a ideia.

“Eles me levam a determinado lugar, me microfonam e falam: “bate nessa casa”. Aí, a pessoa abre. Lá dentro, já tem câmera, já tem luz, já tem tudo. Não sei nada do que vou encontrar. Abro a porta e encontro a noiva que quer um vestido, o time de futebol que quer um uniforme, o trio de rap que quer um figurino, etc. Meu primeiro contato com a pessoa é saber o que ela quer e para qual ocasião. Ela me conta, eu tiro as medidas e a equipe então se separa: minha mãe fica comigo e o Rhody sai para comprar tecidos.”,  conta Herchcovitch.

Outra surpresa é saber onde ele trabalhará. O trabalho da equipe é encontrar algum lugar viável para lhe servir de ateliê, próximo ao endereço do personagem de cada episódio. Ele conta que até o último instante, a Fox duvidou que ele trabalharia em qualquer canto. Achavam que ele ia querer um ateliê todo estruturado. Alexandre afirma que o programa humaniza o estilista e acaba com aquela ideia de que eles mal trabalham e só aparecem no final do desfile.

Captura de Tela 2016-04-01 às 11.51.07


Para assistir o primeiro episódio que já foi ao ar, você pode entrar neste link e se cadastrar. Eu não consegui 🙁