Estilo Grunge: Nas Ruas

Oie, como vocês estão?

Hoje continuo minha matéria, falando do resultado dos desfiles inspirados no estilo grunge, ou seja, como a idéia tomou as ruas.

O que herdamos das fashion weeks Outono-Inverno?

Podemos citar os clássicos, que foram as estampas xadrez, jeans, spikes e tachas, camisas de bandas e coturnos. Também apareceram peças inovadoras: vestidos e saias leves, casacos bordados, camisas de seda e transparências. O uso de sobreposições, do couro, de vestidos com cintos finos, camisolas e conjuntos tipo pijama fashion.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Não estou brincando! Lembram que comentei do Marc Jacobs, com aquela idéia de se vestir para ficar em casa? Ele não estava falando de, literalmente, se vestir bem em casa e, sim de usar o luxo na criação de roupas para ficar em casa e levá-las às ruas (excentricidade). Quem já viu uma roupa na vitrine e falou que aquilo parecia um pijama? Pois é, o próprio veio ao Brasil e andava, livremente, com um pijama ou uma roupa-pijama.

grunge ss5

Nas paletas de cores, destacaram os tons neutros de rosa e os lavados no marrom, lavanda, cinza e muito preto.

Agora lanço um desafio a vocês!

Falei sobre o grunge nas passarelas e das peças que tiveram destaque e chegaram às ruas. Para inspirá-las mais, aqui vão outras informações de moda e estilo, as roupas que viraram hit durante o inverno: calça de couro, bota montaria, casaco de pelo fake, western boots, blusa peplum e peças com brilho, etc.

Aos poucos vocês notarão que tenho uma certa tendência para unir estilos, começo agora com a idéia de misturar o luxo e o grunge. Quais peças vocês combinariam?

Espero a resposta de vocês! Qualquer dúvida, mandem um recado aqui.

Até a próxima!

Big beijo,

Gis Viana