Faça valer a pena!

Esse é mais um desses desabafos em forma de post. Eu fico realmente chateada quando percebo que as pessoas não são o que elas querem ser, e o pior: julgam as outras por serem o que querem ser.

Se você quer ser louca, seja louca. Se quer ser fina, seja fina! E se quiser ser uma mistura de tudo, seja feliz! A vida além de sua é muito curta para se importar com o que os outros dizem.

A vida é curta para se privar de fazer o que quer, e não estou dizendo que as responsabilidades da vida não existam, o que quero dizer é que acredito que se você faz tudo o que a vida te obriga a fazer, tem que sobrar tempo pra fazer o que você queira.

Acredito que é importante esquecer modismos e comprar o que você gosta, mesmo que a revista X ou Z diga que está fora de moda ou que é apenas para as meninas muito magras ou para as gostosonas. Gostou!? Se joga!

Acho que a vida é curta demais pra ficar de mal humor por conta do ônibus cheio ou por causa da falta de dinheiro. Ficou sem grana? Chama as amigas, passa no mercado, compra um vinho – ou uma cerveja – e se jogue em uma noite regada a vinho e TV, porque no final das contas não é o filme que faz a diferença, e sim a companhia que você tem para assisti-lo.

Não conseguiu fazer a viagem dos sonhos por falta de grana? Viaje na internet, em um livro ou vá para aquela cidade do interior onde a sua tia mora, e se divirta, porque a vida já está cheia de chatices e o bom mesmo é ser feliz! 

Seja feliz com a sua bolsa Gucci ou com a sua bolsa da feira, o importante é você se sentir bem com ela, o importante é você estar bem com você, o resto a gente dá um jeito. O legal é ser quem você é, é aproveitar os dias mesmo que você tenha acordado as 6:00 e só saia do trabalho as 20:00.

Quer ver novela? Assistir Kardashians? Quer ver a novela brega da Record que todo mundo odeia? Faça o que você quiser, decida por você, não deixe de fazer o que te faz feliz pelo simples fato de alguém ter dito que não vale a pena. Faça valer a pena.

E depois me digam se não valeu a pena…