Gostei de você

Photo by Brannon Naito on Unsplash

Gostei de você e de tudo o que me fez sentir aquele dia. Gostei do beijo e do calor dos seus braços. Das conversas sobre a vida e do almoço improvisado. Pela primeira vez em muito tempo, permiti-me abaixar a guarda e curtir o momento. Saber sobre você, te contar sobre mim.

Meus sonhos e aspirações, o significado das tatuagens. Parecia que me conhecia, mas nunca tínhamos nos visto antes. “Gostei de você”, eu disse. Nunca disse para ninguém de uma noite. Foi diferente. Me deu medo, fiquei aterrorizada com tanta semelhança.

Você disse, “me manda mensagem”. E mandei, passei por cima do meu orgulho pela primeira vez. Encontrei o gancho e encontrei a desculpa para puxar assunto. Mas era one night stand, eu sabia. Te chamei para sair, você recusou. Nos encontramos por aí e vi que várias bocas beijou.

A gente se esbarra por aí e às vezes fraqueja. Momento errado pra deixar acontecer. O coração de pedra baixou a guarda e se estatelou mais uma vez. Talvez seja isso. Só não seja para ser. Porém quero que saiba que gostei de você.