Amanhã é dia de falar de moda na Pop Up Store da MALHA

No dia 27 de setembro foi lançada a Pop Up Store da MALHA no Shopping Conjunto Nacional com um coquetel para imprensa, digital influencers da cidade e amantes da moda.

pop-up-store-da-malha-no-conjunto-nacional-1

O espaço já está com uma extensa programação com eventos e experiências únicas como workshops, oficinas, palestras e bate-papos. Hoje vim falar mais sobre o bate-papo com o co-fundador da MALHA, Herman Bessler, que acontece amanhã, às 19h no Shopping, e convidar todos vocês para assistirem junto comigo.

O Futuro da Moda está em discussão com novas formas de organização para construir um novo mundo e Herman Bessler, estará no Conjunto para falar de moda consciente, sustentável, colaborativa e muito mais. Vamos?

Herman Bessler

Herman Bessler


Programação


27/9 – 12h às 22h [Pop Up Store Aberta]

19h – [PALESTRA] – Consumo consciente com Lilly Clark

28/9 – 9h às 22h [Pop Up Store Aberta]

16h – [OFICINA] – Customização com MIG Jeans

29/9 – 9h às 22h [Pop Up Store Aberta]

16h – [OFICINA] Customização com Mig Jeans

30/9 – 9h às 22h [Pop Up Store Aberta]

19h – [PALESTRA] – Futuro da Moda com Herman Bessler

01/10 – 15h às 21h [Ações Especiais]


Na Pop Up Store, diversas atrações com a experiência MALHA, esperam você:

  • Estação de impressão 3D de acessórios; 
  • Estação de Realidade Virtual (VR) simulando um passeio por dentro da MALHA em full imersível reality; 
  • Estranhos Familiares: uma instalação sonora com facilitação automatizada. Nela, as pessoas que não se conhecem terão a possibilidade de desenvolver graus intensos de proximidade e empatia a partir de estímulos e perguntas. 

Sobre a MALHA

O projeto MALHA é fruto de parceria entre o Templo e André Carvalhal e é considerado um Movimento por uma nova forma de pensar, produzir e expressar uma Moda mais colaborativa, justa, sustentável.

malha

A iniciativa tem como sede um galpão industrial em São Cristóvão, bairro do Rio de Janeiro que é um pólo de Moda, para fomentar um ecossistema dessa nova Moda. Através de diferentes ações in loco e em rede, a MALHA busca conectar criadores, empreendedores, produtores, entusiastas e consumidores pela construção de uma produção mais sustentável, colaborativa, local e independente. Ao mesmo tempo, é um espaço de coworking e de cosewing (co-costura em português), somados a uma Escola e um laboratório de experimentação.

O projeto surgiu a partir de almoços despretensiosos no jardim do Templo, o primeiro espaço de coworking criativo do Rio, onde grandes marcas, estilistas, educadores e empreendedores reuniam-se para falar sobre os desafios e necessidades do setor da Moda.

Em janeiro de 2016, então, Herman Bessler e Letícia Magalhães, sócios do Templo, André Carvalhal, escritor, professor, ex-head de Marketing da Farm e Foxton, e mais um time de peso como RIOetc, Caio Braz e Renata Abranchs fundaram a MALHA. O projeto atualmente conta também com o apoio de grandes marcas como C&A, Do Bem e IED Rio.

“A ideia é aproximar pessoas e iniciativas que desejam repensar a forma de produzir Moda atualmente, usando mão de obra local, criando colaborações entre si, propondo experiências de marca e aplicando ferramentas de sustentabilidade como upcycling e tecidos orgânicos, por exemplo”, complementa Herman Bessler, empreendedor e fundador do Templo, primeiro coworking criativo do Rio, criado em 2012, e cofundador da MALHA.

A MALHA abriga mais de 60 marcas e empreendedores em todos os campos da Moda e de áreas análogas: de restaurante de alimentação natural a marcas de mobiliário, assim como empresas de Comunicação, expressão e estilo.

Além de escritórios privativos e compartilhados, maquinário completo para produção e
estúdio fotográfico, o Galpão é sede da escola da MALHA, que propõe um calendário de temas referentes a técnica, estilo e negócios de moda em cursos de formação e livres,
workshops, palestras e clubes de prática. O laboratório de inovação desenvolverá projetos a partir de tecnologias como biohacking, impressão 3D e mais.

Ainda no Galpão, fica o restaurante de alimentação natural Verdin, escritórios de marcas como Tecnoblu, Ahlma e Nike, o estúdio fotográfico da agência I Hate Flash, além de lojas temporárias – já passaram por lá a marca Bazis, o guarda-roupa coletivo Lucid Bag e o ateliê da artista Alinet.

O local vive também uma programação intensa de eventos, como a semana do Fashion Revolution 2017, movimento internacional que propõe novas formas de Consumo e uma Moda mais ética e sustentável, além de feiras de marcas locais e troca-troca de roupas, como a organizada pelo Projeto Gaveta, de São Paulo.

O galpão também é palco de lançamentos de marcas, encontros de comunicação como as edições do ‘Textão Coletivo’ promovidas pelo blog Modices, residente, e desfiles que reúnem influenciadores, amantes, curiosos e criadores.

A fim de apoiar iniciativas culturais e de expressão do indivíduo a MALHA disponibiliza, três vezes por mês, o galpão para evento que sejam gratuitos e beneficiem a comunidade local.

A proposta faz parte do Espaço Vazio, uma ferramenta de amplificação dos movimentos culturais locais, recebendo produtores e agitadores culturais, mobilizadores de conteúdo, ativadores de movimentos independentes que querem trazer suas ideias e projetos para o coração de São Cristóvão e fazer parte deste movimento por uma Moda mais colaborativa.

Toda essa experiência é projetada para funcionar como uma incubadora para que novas marcas possam ter acesso a uma estrutura de grande empresa, ao passo que a colaboração e o compartilhamento permitem processos mais limpos e justos, alavancando assim uma mudança no mercado de Moda, Design, Comunicação e na expressão do indivíduo.


Pop Up Store da MALHA

Dias: 27 de setembro a 01 de outubro

Local: Shopping Conjunto Nacional

Eventos, palestras e atrações sujeitas a lotação

Evento no Facebook