Mais consciência na hora de consumir

A ideia desse post  é ajudar a mudar a sua relação com as roupas que compra e com as que já tem no armário. Consumir de forma mais consciente faz parte das mudanças que temos que fazer.

vivienne westwood É importante saber que nenhuma mudança de hábito pode ser feita de maneira radical, de uma hora pra outra.

Mudar é um processo, e tem que começar de um determinado ponto. Esse determinado ponto varia de pessoa pra pessoa. Não tem como esperar que seja igual pra todo mundo.

escolhas roupasEscolhas

Esse processo de mudança de hábitos inclui repensar suas escolhas:  hábitos de consumo, alimentação, a forma como você descarta o seu lixo. Tudo isso influencia a sua vida.

Eu por exemplo, ando pensando muito sobre alimentos vivos, mas não consigo deixar comer queijo…gostaria de parar de comer carne mas ainda não me livrei do hamburguer esporádico. Com roupas, para começarmos a consumir de maneira mais consciente, é necessário dar pequenos passos, e começar de um determinado ponto.

Pense mais local.

Compre roupas produzidas por pequenas marcas da sua região, ou opte por comprar peças de estilistas menores em viagens, acessórios de artesãos também são ótimas formas de comprar direto de quem faz. Procure escolher marcas que tenham a ver com você, que compartilhem os seus valores.

A Carô Chapelaria é uma marca de Florianópolis que faz modelos de chapéus sob medida, linhas mais democráticas e ainda  reforma antigos, fazendo um upcycling de peças que você já possui e gosta além de incentivar a produção local através de projetos como o Tecendo Em Palha. Os chapéus são inspirados na cultura local de Florianópolis e carregam em si o amor pelo artesanal, pelo feito a mão.

rianna-ninaJunte dinheiro e invista em algo mais bacana

Não adianta ir na estilista local e procurar peça com preço de loja de departamento. Os tecidos são comprados em escala menor, estampas são mais exclusivas, a costureira costuma ganhar bem… enfim, é muito triste pensar que deixamos de comprar peças bacanas porque tem uma tentação em forma de loja de departamento querendo acabar com o trabalho de quem rala pra fazer peças de forma justa. Pense nisso, o processo de produção das suas roupas é mais complexo do que o ato de compra.

Guarde dinheiro, namore uma peça, a vida não precisa ser super rápida. Você pode até achar que vai morrer, mas vai sobreviver a frustração de ter que esperar mais um dia.

upcyclingVida longa às suas roupas!

Que tal aproveitar pra fazer uma limpa no seu armário e chamar as amigas para trocarem as peças que não cabem mais na sua vida?

É uma forma saudável de prolongar o ciclo de vida das roupas que você gosta e ainda se divertir um pouco. Todo mundo pratica o desapego, toma uns drinques e se diverte.

theblogazine-recycle-20121004Prolongar o ciclo de vida de uma roupa é uma atitude sustentável.

Livre-se do velho, abra espaço para o novo.

Tem tanta gente precisando de roupas aqui no nosso país. Se você mora no sul do Brasil, os termômetros chegam a números consideravelmente baixos, e não tem como ignorar as pessoas que não tem o que vestir.

Eu costumo separar minhas peças em: doação para amigas, doações e panos para limpeza. Você redistribui suas peças em diferentes níveis, e acaba trocando por alguma coisa ‘nova’ para o seu armário e de quebra ainda ajuda quem precisa