Moda em tempos de crise

206a6b2762a869e439d068718c8370cd-girls-episodes-girls-hboQuem nunca se pegou contestando colunas dos “must have items” de revistas e sites? Se você é brasileiro e recebe cartas motivacionais de empresas como a Visa, Casan, Celesc (CEB, Caesb) já deve ter notado que está cada vez mais complicado ter momentos incríveis envolvendo compras sem que ‘gastar mais que o orçamento’ esteja envolvido.

mynameisgirl_girls1-21Reavalie seus desejos

Desejos são íntimos e pessoais e não estão diretamente ligados às necessidades. Muitas vezes compramos itens desnecessários que não acrescentam nada além de peso ao seu armário. É importante conhecer suas necessidades e sua rotina para não comprar errado e jogar dinheiro fora.nina cosford

Expectativa vs Realidade

Onde você mora? Você tem carro? Quais locais frequenta? Quais peças estão faltando e quais estão sobrando na sua vida?

Não adianta gastar rios de dinheiro com sapatos e não ter uma camiseta decente pra usar. Independente do tamanho do seu manequim ou estilo  é importante visualizar seu armário como um todo e ter uma noção do que está faltando e do que você tem de sobra.

nina cosford girlgangUma estranha realidade

Já cansei de falar para as minhas clientes que investir em uma boa costureira e comprar um tecido incrível pode ter mais efeito do que gastar a mesma quantia com peças de marcas de fast fashion com peças com acabamento bem mais pobre e caimento pior do que a da ‘tiazinha’ da sua quadra ou bairro.

nina cosford sob medidaPeças sob medida: exclusividade e caimento incrível

Nada mais incrível do que ter uma peça feita pra você. Pode parecer besteira, mas a modelagem industrial não é perfeita e deixa a desejar. Nenhum corpo é igual, melhor sempre é ter uma costureira fazer tudo de acordo com as suas formas. Acho que além de incentivar a produção e o crescimento da sua cidade localmente, te proporciona peças incríveis que podem ser adaptadas para a sua realidade.

410_i_620x349

Quem é você?

Eu acredito na busca por um equilíbrio entre o consumo e a vida. Viver comprando itens caros para preencher vazios emocionais não é saudável e não adiciona nada a ninguém. Eu acredito em ter um armário com peças que signifiquem algo pra você e que sirvam em você, te façam feliz. Se vestir não é sobre usar uma marca ou outra, é sobre expressar-se, mostrar um pouco mais do nosso universo pessoal ao mundo.

 nina cosford manequim errado

A moda em tempos de crise pra mim acaba sendo a mesma de todos os tempos, a moda de mostrar um pouco da sua narrativa pessoal ao mundo. Nossas escolhas refletem não apenas nosso humor, mas nosso modo de viver, onde caminhamos o que gostamos de fazer. Ser escravo de tendências é ignorar as suas próprias necessidades. Adaptar narrativas para que fiquem coerentes à sua realidade é divertido e deixa a vida mais divertida. A numeração da sua calça não define quem você é. A etiqueta da sua bolsa também não quer dizer nada, nem sobre você nem sobre o seu estilo. Estilo vai além de marcas, é uma jornada de autoconhecimento, e você já embarcou na sua.

images_nina cosford, google