DESFILES DE MODA

E o que dizer dos desfiles que apresentam roupas que ninguém vai usar? Sim, os estilistas, muitas vezes, colocam na passarela roupas “estapafúrdias”, que desnudam partes inusitadas, que têm volumes exagerados e formas que não permitem um caminhar normal.

Uma profusão de cores, tecidos, sobreposições, perucas e maquiagens, ou mesmo de recursos tecnológicos, que precisariam de um exército de camareiras para ajudar uma única mulher a se vestir e transitar na sociedade.

É o chamado desfile de “coleção conceitual”. Um desfile conceitual apresenta, em sua maioria, peças que não serão vendidas nas lojas. Seu objetivo é mostrar toda a capacidade criativa do estilista, uma imagem inventiva, um conceito, uma fantasia. Esse trabalho atrai os olhares do público e da crítica, podendo agregar valor à marca.

desfile conceitual

As peças comerciais estarão disponíveis nas lojas para que os consumidores comprem e sintam-se como que vivendo aquela fantasia, fazendo parte daquele mundo de estética exacerbada, daquele momento de arte e glamour.

Em contrapartida existem os desfiles comerciais, que apresentam exatamente a coleção que estará disponível nas lojas. Nos desfiles conceituais pode-se encontrar peças comerciais combinadas com peças conceituais, formando looks diferenciados. Quem vive o mundo da moda mais intensamente percebe em um desfile conceitual uma blusa, uma saia ou uma bolsa, por exemplo, que, se combinadas com peças mais básicas, podem ser usadas normalmente.

desfile comercial



Para vocês visualizarem melhor, vou mostrar o vídeo de um desfile bem conceitual e fotos de outro mais comercial! É lindo ver um desfile cheio de criatividade. Vocês vão gostar!

Exemplos: Desfile ConceitualDesfile Comercial



Fonte: EnModa