Mudanças

Post desabafo e pessoal.

Que tudo muda o tempo todo todo mundo sabe, o que eu não sabia era que eu mudava tanto sempre, e que de repente coisas que antes não eram importantes pra mim passariam a ser.

b442dd19f46636cef0f6ea9d372e4bedArrependimentos

Quem nunca se arrependeu de ter mudado de casa ou de depiladora? Quem nunca se arrependeu de ter pedido refrigerante light ao invés de água, ou quem sabe cogitou ter pegado outro caminho, outra cor de blazer na arara da loja, outro sapato, outro número, outra cerveja… enfim, a gente se arrepende muito. Melhor do que gastar tempo pensando em arrependimento, é dar um passo em direção a MUDANÇA.

Eu estou nesse processo, mudei de cidade e me arrependi: lamentei, comecei meu processo interno de aceitação do erro para agora em julho voltar para onde eu estava: quem em sã consciência troca Florianópolis por Brasília minha gente? Não dá.

mudanças 1
Viver de Passado

Isso adicionou mais uma revisão ontológica na minha vida: eu me dizia urbana, quando cheguei na ilha, direto de Berlim, só conseguia sentir falta das lojas de fast fashion que me alimentavam de roupas na Alemanha, dos Cafés maravilhosos com seus brunchs incríveis, dos brechós que minha querida Berlim tem para oferecer, de suco de maçã com água mineral e das pessoas. Eu vivi no passado por um tempo. Reclamando de tudo o que eu tinha perdido e de olhos fechados para o que a ilha tinha a oferecer.

Eu reclamei tanto que fechei os olhos e a minha pessoa para as coisas boas do presente, e demorei muito tempo para conseguir ver as coisas de uma maneira diferente.

Logo eu fechando os olhos para coisas novas? A super mente aberta relaxed aqui fechando os olhos para o futuro? Não, não dá. A gente pode até reclamar, mas tem que fazer alguma coisa para mudar. Não tem a menor condição.

mudanças 2
Mudança de dentro pra fora

Mudar de atitude é um bom começo. Agora eu estou aqui, me reinventando todos os dias,  aproveitando meus últimos momentos em Brasília, saindo com pessoas novas para lugares novos, vendo a parte boa desse lugar que eu tanto gosto, mas que pra mim não dá.

Não dá por tantos motivos que eu prefiro simplesmente voltar para Florianópolis. Voltar para o antigo com uma atitude nova, de um jeito diferente – que nem aquele vestido preto que se reinventa cada vez que você combina acessórios diferentes. Volto querendo explorar as coisas boas de Florianópolis como um todo, aprender a surfar de bodyboard (nível decente), terminar meu curso, ir mais a praia, fazer hot yoga, beber menos, comer melhor. Eu escolhi ter uma vida mais simples, mais conectada com a natureza por diversos motivos.

tumblr_nso0a35p4s1uc2wieo1_500Escolher mudar todo mundo pode, do seu jeito, no seu tempo. Mudança é um processo extremamente particular. Não adianta você ignorar as ações ou deixar que te digam o que você tem que fazer, eventualmente a gente dá uma surtada e não aguenta. Quem é que aguenta? Acho que o objetivo é se sentir bem. Ter uma vida equilibrada, com coisas que são importantes para você.