O avesso não é o meu lado certo, mas sei viver com ele

As vezes a vida vira a gente de cabeça pra baixo, mas descobrimos que o avesso também não é o nosso lado certo. E o que torna tudo mágico é saber que ainda podemos virar e desvirar quantas vezes quisermos.

Sempre me imagino em alto mar vivendo entre ondas fortes e tempestades, mas também em meio a calmaria e inércia. Isso mesmo. A inércia também faz parte da vida.

Podemos deixar que as águas nos levem e viver sem muita emoção ou podemos lutar a cada onda que tenta nos afundar. O que você escolhe?

Eu escolhi ser forte e enfrentar tudo que vai surgindo, mas agora também aprendi que é normal balançar um pouco. Por que a escolha de ser forte pode ser muito pesada.

Nem sempre vou reagir da melhor forma e fazer o que eu acho que deveria, mas seria injusto dizer que não mereço o que tenho e recebo. A vida é boa demais pra gente não agradecer.

Quando tudo começa a virar de cabeça pra baixo, me permito sentir e sofrer. Não é fácil perceber que não controlamos tudo. Não é fácil ver nossos planos mudando apesar de ter feito tudo que podíamos.

Mas sabe o que me conforta? Saber que tem alguém muito maior que nós olhando e tomando conta de tudo. Pode ter certeza que Ele põe a mão em tudo antes de nos mandar. E olha.. por mais doloroso que seja, é o precisamos pra amadurecer e evoluir. Ou você realmente acha que tudo que acontece de ruim é uma punição?!

Se a forma que você encontrou de ter forças é conversando, ótimo. Mas se prefere sumir por um tempo, que bom também. Não existe jeito certo. Existe o SEU jeito e o que TE faz bem. Pare de ouvir tudo que qualquer idiota te fala.

Mas um conselho, que serve pra mim também, é: NÃO FUJA.

Encare tudo de frente. Veja e viva aquele problema ao invés de fingir que ele não está lá. Sabe por que? Por que vai doer muito mais quando você voltar e perceber que nada mudou.

Segura na mão dEle e vai. Vai ficar tudo bem!