Os Delírios de consumo de Becky Bloom e de todas as mulheres

becky bloom

Já assistiu esse filme bem sessão da tarde, mas que representa uma das maiores verdades do mundo? 

Não conheço nenhuma mulher que não pire nas liquidações de vez em quando. Por mais controlada que uma mulher seja, ela sempre vai sentir um frio na barriga quando ver uma peça de R$300 por R$150. É inevitável!

Então vamos começar o depoimento:

Olá, meu nome é Rafaela Rabelo e eu sou viciada em compras. Um dos melhores remédios para o pé na bunda ou TPM é o shopping. Por mais pobre que eu esteja, só de andar pelos corredores iluminados e que exalam glamour, o sorriso já aparece no meu rosto.

Quando eu vejo uma etiqueta de dois dígitos (de R$10 a R$99) meus olhinhos brilham e minha mão coça para pegar a carteira. Sou daquelas que prefere ter um milhão de calças de liquidação do que ter uma calça de marca e super cara. Antigamente, eu tinha um bloqueio mental e nem conseguia comprar coisas com três dígitos. Hoje, eu consigo. Ainda me seguro, mas acho que uma ou outra coisa ainda vale a pena.

Mais um vício? Comprar pela internet. Não existe nada mais fácil e que dê mais prazer. E são DOIS prazeres: o primeiro quando a gente digita o número do cartão de crédito e aparece que a compra foi aprovada, e o segundo quando as peças chegam aqui em casa. Felicidade pura!

Ser viciada em compras pode ser desastroso quando você não tem renda fixa. Parece meio óbvio, mas o cartão de crédito sempre ganha na briga com o meu cérebro. “Ainda tem limite? GASTE!” É mais ou menos assim que o cartão fala no meu ouvido.

Mas de uns tempos pra cá eu estou mudando esse meu comportamento. Fácil não é, mas ninguém disse que seria, né?! Estou tentando planejar melhor as minhas compras e seguir os milhares de conselhos que vejo e ouço por aí. Querem alguns?

  • Faça uma lista do que você realmente precisa. Peças básicas e que você sente falta no dia a dia.
  • Leve a lista com você e faça de tudo para não comprar coisas a mais. Geralmente são essas peças que ficam jogadas sem uso!
  • Não compre peças iguais, mas de cores diferentes. Escolha a que vai usar mais vezes ou a que mais gostar e pronto.
  • Separe um dia para testar looks. Monte, vista e se olhe no espelho. Isso vai agilizar o processo durante a semana. Se possível, fotografe e crie um portfólio para pesquisas futuras! 
  • Usar a mesma peça várias vezes não é crime, é criatividade com uma pitada de inteligência.

Começar a se controlar é o mais difícil. Depois que você começou e já está tendo sucesso, as coisas ficam mais automáticas. Pra mim, o mais difícil foi parar de comprar mil coisas no ebay. Sou bem viciada e toda semana chegava um pacotinho da China aqui em casa kkkk Mas consegui! Há mais de dois meses não compro nada. (palmas…)

E você, o que tem feito? É viciada? Em que? Conta tudo e não me abandona nessa!

Depois de ler o meu depoimento e se identificar com tudo e ainda perceber que faz muito mais, você descobriu que também é viciada em compras. Mas não dói viu. Só no bolso! O bom é que tudo tem cura…

Ps: Quer ler mais textos como esse? Coloque o seu e-mail no campo abaixo e faça o pré-cadastro para receber um eBook cheio de dicas para arrumar o seu guarda-roupas!

[box]

Faça o pré-cadastro e receba nosso eBook GRÁTIS!

* indicates required
 

[/box]

beijos