Resenha: Capitão Fantástico – filme

A resenha de hoje é sobre o filme Capitão Fantástico. Confesso que sempre tive um pouco de preconceito em relação a filmes com temática “naturalista” ou de famílias que vivem na selva, mas tive boas indicações desse e resolvi assistir.


Sinopse

Ben (Viggo Mortensen) tem seis filhos com quem vive longe da civilização, no meio da floresta, numa rígida rotina de aventuras. As crianças lutam, escalam, leem obras clássicas, debatem, caçam e praticam duros exercícios, tendo a autossuficiência sempre como palavra de ordem. Certo dia um triste acontecimento leva a família a deixar o isolamento e o reencontro com parentes distantes traz à tona velhos conflitos.


Trailer


Resenha

É a história de uma família grande que vive no meio da floresta, mas que não tem a mãe ao lado ajudando.Com certeza a vida na selva não é nada fácil, mas vejo que hoje em dia muita gente tá buscando esse estilo de vida mais natural e sem tanta influência capitalista. Talvez seja um bom caminho a gente se reaproximar da natureza. Eu tenho buscado isso todos os dias. Sinto falta das flores, árvores e ar mais puro.

O engraçado desse filme é que mesmo muito longe da sociedade, a família toda tem uma rotina super pesada de estudos, leitura, alimentação e exercícios. Super legal! Mas entre toda essa energia boa da natureza e naturalismo, vem o problema da convivência em sociedade. Nem eles e nem a sociedade estão preparados para tanto radicalismo.

Será que é bom para uma criança saber toda a verdade sobre fascismo, sexo, mundo ou é melhor ficarem jogando vídeo game e sendo crianças? É um filme muito bom. Me fez refletir sobre a minha vida, sobre a vida que quero pra minha família e pros meus filhos. O ideal é sempre ter equilíbrio, mas como conseguir isso? Como saber o que é certo? Eu também não sei.. Mas tô buscando o caminho.


Vale a pena assistir esse filme. Curti!