Resenha: Pantera Negra – Filme

Domingo almocei com a família e terminamos o dia no cinema assistindo Pantera Negra. Fui sem saber qual era a história e outros detalhes, então estava meio relutante. Sempre gosto de assistir os filmes da Marvel, e apesar de alguns terem me decepcionado, como Mulher Maravilha, esse me surpreendeu.


Sinopse

Após a morte do rei T’Chaka (John Kani), o príncipe T’Challa (Chadwick Boseman) retorna a Wakanda para a cerimônia de coroação. Nela são reunidas as cinco tribos que compõem o reino, sendo que uma delas, os Jabari, não apoia o atual governo. T’Challa logo recebe o apoio de Okoye (Danai Gurira), a chefe da guarda de Wakanda, da irmã Shuri (Laetitia Wright), que coordena a área tecnológica do reino, e também de Nakia (Lupita Nyong’o), a grande paixão do atual Pantera Negra, que não quer se tornar rainha. Juntos, eles estão à procura de Ulysses Klaue (Andy Serkis), que roubou de Wakanda um punhado de vibranium, alguns anos atrás.


Resenha

O filme começa contando a história do Pantera Negra, o que é bem importante para os desavisados como eu, que não fazem ideia da história. Tudo gira em torno do vibranium, um metal extremamente forte e que rege toda a tecnologia da tribo.

filme-pantera-negra

O filme é todo futurista com armas mega tecnológicas e naves e carros, mas o cenário é super realista. Achei a mistura entre moderno e antigo, muito legal. É daqueles filmes que te prende o tempo todo e você nem vê passar.

Existem várias tribos que disputam o poder e o reinado, mas o legal é que no filme tem uma reviravolta em relação a isso. Essa parte é bem agitada e é aí que a gente se prende e sós e dá conta no final.


Enfim.. eu adorei o filme e super indico!