Saia de diva!

Se tivéssemos que definir a silhueta das saias tanto dos desfiles Pre-Fall, quanto os de primavera, diríamos que uma das mais vistas foram as saias lápis.A pencil skirt foi vista em tantas versões… estampadas, lisas, bordadas… cada estilista trouxe a sua versão das saias lápis. Vamos conhecer um pouco mais da história dessa peça que fascina mulheres- e homens – no mundo inteiro.


Saia lápis (pencil skirts)

É a evolução da “saia tubo” (hooble skirts,1910-1913), um modelo aparentemente não muito confortável do perído Pré Primeira Guerra Mundial, mas que felizmente evoluiu para uma versão mais usável O estilista francês Christian Dior foi o resposável pela nova versão da hooble skirt no final da década de 40: a saia lápis. A nova silhueta introduzida pelo estilista francês, “H-line”ou saia lápis, tornou-se rapidamente popular, principalmente entre as mulheres que trabalhavam em escritórios. O sucesso provavelmente se deve ao fato de que as mulheres queriam reinventar a moda depois da Segunda Guerra Mundial, mesmo com as mudanças nos hábitos de consumo, com o clima de austeridade econômica e com os altos preços dos tecidos durante – e após – a II GGM.

Mulheres altas e magras

Não tem segredo, cai como uma luva. Mulheres com outros tipos de corpo também podem apostar na saia lápis sem medo, apenas tomando o cuidado de combinar acessórios e detalhes de acordo com o seu tipo físico e com a ocasião.

Depois de escolher a cor e a estampa, é importante encontrar o melhor comprimento para você – que normalmente fica em algum ponto perto do joelho – ou embaixo dele. Se você acha a altura no joelho um pouco conservadora, então uma mini saia pode resolver o seu problema.

Mulheres petits

A não ser que sejam beeem magras – devem tomar cuidado com as minis-lápis, porque se as pernas forem curtas, uma saia curta demais pode enfatizar a altura e dar uma aparência mais larga para a menina. Outro ponto para as baixinhas prestarem atenção, se a saia for longa demais também não vai ficar legal – resumindo, o melhor comprimento vai terminar sendo o no joelho.

Para uma saia lápis ter o caimento perfeito, é necessário que caiba apropriadamente no seu corpo, o que significa que deve servir tanto no quadril como na cintura, sem apertar demais. Se você sentir que a cintura da sua saia está te apertando, o tamanho está errado. Se dobrinhas/ruguinhas se formam enquanto você estiver em pé também tem alguma coisa errada, está apertado demais! As saias lápis devem ser justas, mas não devem de forma algum ficarem apertadas demais, fica vulgar. Lembre-se: além de caminhar, você terá que sentar.

Ao ter consciência do seu corpo, você melhora suas habilidades de se vestir. Ao entender suas proporções e trabalhar com o seu corpo de maneira honesta e realista, você atinge objetivos antes impossíveis. Sabendo as partes que devem ser enfatizadas e as que devem ser disfarçadas, a saia lápis pode se tornar sua aliada.

Corpo Ampulheta

A dica é comprar uma saia que fique beeem certinha no quadril, você provavelmente terá que mandar ajustar a cintura para ficar no tamanho ideal. Para enfatizar as suas formas, use uma blusinha com decote V por dentro da saia.E se quiser dar uma escondida na barriguinha, escolha uma camiseta e use por cima da saia. Uma jaqueta normalmente daria conta do recado.

Corpo Retangular

Já que você não tem muita cintura, vai ser difícil encontrar uma saia lápis que sirva no quadril e na cintura. É importante lembrar que não é possível aumentar as saias lápis, não no quadril então a dica é encontrar uma que fique certinha no quadril e mandar ajustar a cintura. Não esqueça do seu amigo cinto para dar uma acinturada no look.

Corpo Pêra

(Triângulo Invertido) tendo alguma consciência do seu corpo, esse não vai ser o look mais difícil de montar. É importante lembrar que o seu objetivo é equilibrar o seu quadril, então opte por uma saia em cores sólidas – e de preferência mais sóbrias – e combine com uma parte de cima que harmonize as formas e as proporções. Não esqueça do salto alto para completar o look – faz toda a diferença.

Corpo Morango

(Triângulo Invertido )
As mulheres que têm o corpo morango costumam ter ombros relativamente largos, seios relativamente grandes e quadris relativamente pequeno – se você se encaixa nesta categoria, a idéia é equilibrar o volume do quadril usando uma saia com pregas, que vão te dar mais curvas do que as saias lápis normais fazem.

Importante também, é considerar a ocasião e o local em que você pretende usar uma roupa. Existem vários jeitos de se usar uma saia lápis. As dicas aqui são para mulheres de estatura mediana – como a maioria das brasileiras – e que podem ter problemas na hora de encontrar a combinação perfeita para a saia lápis.

 

Jeans

Uma saia lápis jeans é perfeita para ocasiões casuais e pode ser usada com uma sapatilha para uma caminhada no parque, com uma regatinha ou uma camiseta.

Couro

Para a noite, a idéia é encurtar um pouco a barra e investir em uma regata de paetê – fica lindo com uma saia lápis de couro preta. Um saltinho e uma clutch deixam o look perfeito.

Date Night

Quer dar uma de secretária sexy e levar o gatinho do trabalho ou da faculdade pra casa? Invista em uma saia lápis com um cardigã e um salto vão dar conta do recado. Eu indico uma regata para dar uma descontraída no visual.

Escritório

Nada mais apropriado para o trabalho que uma saia lápis de alfaiataria – de tweed então nem se fala. Combine-a com uma camisa com manga 2/4 e um sapato alto para um look menos formal, e para os dias de reunião com a diretoria, a mesma saia e a mesma camisa podem ser usadas com um blazer – combinando ou não.

Ocasiões Especiais

A saia lápis fica extremamente style, seja com regata, camiseta, ou com uma camisa. Para ocasiões especiais, assim como para a noite, as regatas de paetê caem como uma luga quando usadas para dentro da saia. Um cardigã também pode entrar em cena, invista em cores divertidas para quebrar a seriedade do look e coordene com uma clutch de cor diferente para dar um ar moderno para a sua produção. Você vai arrasar!

    ♥ sources_ bodyshapefashionadvice, google, pinterest, tumblr,