Tá fazendo moda: Qual é o seu estilo?

Tá fazendo moda chegou hoje para falar sobre um assunto que surgiu junto com minhas amigas. Em especial, minha vegana favorita que sempre lê aos meus textos.

 

Falar de estilo e saber definir é algo difícil. É muito mais do que delimitar que calça ‘x’ se enquadra no estilo ‘y’. É muito mais do que qualquer pessoa poderá definir, mas tenho certeza que o saguão de uma faculdade de Moda é um ótimo campo de pesquisa.

Entre as nossas risadas de conversas infinitas, delimitamos alguns ‘estilos’. Mas na prática, como se delimita um estilo?

Li uma vez (me perdoem por não lembrar onde) que ser diferente é fácil, difícil é ser você mesmo. E não é que é verdade?

10154364_324394641042622_769199285143076819_n

Quando somos crianças começamos a sentir a necessidade de nos destacarmos de alguma forma, quando tinha doze anos eu vivia fazendo mechas coloridas no cabelo e até cheguei a ter as pontas rosas – PINK. Quando nos tornamos adolescentes essa necessidade se torna maior, mas por culpa de algumas brincadeiras maldosas ou pela simples insegurança adolescente, nos homogeneizamos. Como, por exemplo, quantas meninas de colégio você não vê de cabelo comprido e liso, mechas californianas,  jeans, aquela blusinha que todas as blogueiras estão usando, Iphone, vans e piercing no nariz? Aposto que defini mais de cinquenta por cento das meninas  não foi?

Não posso criticar esse ‘estilo’ de colégio, porque com exceção do Iphone e piercing no nariz eu acabei me descrevendo aos dezesseis/dezessete anos.  Mas o que me faz ser diferente aos vinte anos se as pessoas a minha volta são as mesmas? Eu mesma.

Na faculdade, num lugar onde as pessoas estão porque querem e não porque são obrigadas a ir, tem-se uma liberdade para se expressar muito maior. Acredito que aos dezesseis seja mais fácil ser igual às outras do que topar encarar as pessoas te julgarem.

Na faculdade você aprende a mandar todas as pessoas para aquele lugar. Porque além de todas as coisas que já falei sobre matérias e trabalhos uma coisa que a faculdade me ensinou, mais do que qualquer matéria da grade horária é que eu posso ser eu mesma.

 

10304433_859019424123171_7818973041117858660_n

 

Vamos então tentar entender, o que é o Estilo. De acordo com o dicionário é um conjunto das qualidades características de uma obra, um autor, uma época.Um modo de vida; procedimento, atitude, maneira de ser, costume, hábito, modo: vestir segundo o estilo da época.

Na teoria pareceu muito fácil, não acha? Mas pergunto, como funciona na prática?

10245586_314355578713195_2061657378_n

 Estar na faculdade te ensina muitas coisas, te ensina sobre as cores, sobre todo o processo de planejamento e realização de uma coleção, sobre como fazer cada peça, como desenhar cada peça e cada corpo para essa peça, que tecido, que ponto, que formato é o certo para cada peça, mas com certeza o que a faculdade te ensina mesmo e que fica para sempre na sua vida é: Força de vontade e mandar no seu próprio nariz.

Força de vontade por todo o drama já tido antes, com entregas de trabalhos infinitos e mandar no seu próprio nariz, porque na faculdade de moda você pode e deve ousar.

 

cats25417

 

Se você se sentar no saguão da minha faculdade você vai ver de tudo.

Provavelmente vai ver a menina que levantou cinco horas antes, se maquiou perfeitamente, se penteou, se arrumou e parece estar todos os dias com a mesma roupa. Vai ver aquela que quer parecer revolucionária, artística e cheia de novos ideais. Aquela que usa as roupas das blogueiras e que ainda acredita que faculdade de moda forma modelos, a que quer passar a imagem de ‘fiquei incrível em meio minuto’, mas na realidade demorou (mesmo que na noite anterior) alguns minutos para decidir que roupa usar e aquela que ainda está perdida entre uma onda e outra e vem para a faculdade como se tivesse acabado de sair da praia. Óbvio, existem outras categorias, mas essas são as que mais me chamam a atenção, porque ao mesmo tempo em que uma é totalmente diferente da outra, todas tem uma coisa em comum. A vontade de mostrar quem ela é.

Entre uma doidinha e outra e entre uma aula de modelagem e outra há imensas coisas que nos diferenciam, mas há uma coisa que nos une, essa vontade incessante de ser algo a mais. E essa vontade se reflete de forma completa no que vivemos todos os dias.

 

10313390_861357223889391_1564717519175196796_n

Estilo é isso, é essa vontade de querer mostrar que somos mais, que o que somos por dentro merece se transparecer. Não gosto de me definir porque acho que isso me restringe, mas não tenho vergonha nenhuma de dizer que adoro uma calça florida, uma alpargatas e conforto e se isso me define como estilo Caiçara ou hippie ou boho, que seja. Eu sou a Marília e você, quem é?

10250844_724377910947504_878365909_n

 

Fotos tiradas da página Moda da Depressão – Facebook.

O melhor lugar para entender o que é ser uma estudante de moda 😉