TAG – O que tem na minha bolsa?

New project

Olá meninas!

Ainda continuando na linha de organização, resolvi usar essa tag que achei muito legal e que ilustra bem o segundo passo da organização que eu mantenho agora.

Tem até uma página na internet dedicada a isso e várias pessoas do mundo mandam suas fotos de ‘what’s in your bag’. E hoje é a minha vez. Com isso vou explicar direitinho como assim isso ‘ilustra o segundo passo de organização’.

Bom, depois de decidir pelo planner, que está indo super bem e já se tornou meu vicio total, eu preciso levar todas essas coisas para todos os lugares que vou e não posso esquecer de nada, então para todo dia eu tenho uma lista de coisas que preciso para aquele dia. Acontece que tem coisas que precisam ser levadas TODOS OS DIAS.

Vamos então a minha bolsa (mochila no caso) e eu vou explicando o que é o que e para que serve/uso.

New project (2)

1 – Mochila Jansport – Ganhei essa de natal do meu irmão e normalmente a uso quando vou viajar ou dormir fora de casa, porque ela é muito espaçosa e resistente. Como minha bolsa está na ‘manutenção’ eu estou usando a mochila. Normalmente uso uma bolsa de alça curta, porque como trabalho depois acho que bolsa é melhor, mas sem problemas ser mochila.

Lembrando que quando for comprar uma, deve pensar algumas coisas. Primeiro ela tem bolsos individuais, tipo essa, que é o frontal com outros bolsinhos dentro? Porque mochila tende a deixar tudo jogado dentro o que é inimigo de qualquer organização. E segundo, ela é resistente? Vai dá para você levar tudo o que precisa sem que ela rasgue? Sempre lembre de pensar nessas coisas.

2 – Caderninho (Chocolate Notebook) – Comprei esse no final do ano passado em um bazar, eu e minhas amigas temos caderninhos que combinam, uma fofura. Esse eu uso como meu ‘inbox’. No sistema de organização do GTD (Getting things done) você precisa ter uma caixa de entrada – inbox, que é onde você despeja tudo o que se passa na sua cabeça durante o dia, desde coisas que precisa fazer, ou ideias que lhe surgiram, pensamentos, frases, músicas. Qualquer coisa que acontece na sua cabeça e que você não pode ou não quer perder, você corre escrever. Esse caderninho é quase minha mão direita, não consigo ficar sem e me ajuda muito a saber o que tenho que fazer o que já fiz e como vou fazer coisas futuras.

3 – Meus óculos–  como ótima cegueta e recém órfã de lentes de contato (não consigo mais colocar de tanto que machuca meus olhos, por eu ter usado sem os cuidados certos) eu uso agora um óculos de grau e um de sol com grau. Não posso esquecer isso nunca e eles sempre andam comigo, o único problema é que normalmente eles ficam soltos na bolsa, porque troco o tempo todo, mas envoltos em lencinho (pelo menos). Comprei os dois na vinte e cinco de março, paguei R$ 25,00 em casa um.

4 – Meu planner – Como já comentado esse é meu planner. O comprei em uma papelaria chamada Papel magia no Shopping Pátio Higienópolis e paguei R$ 89,90. Na realidade ela não é agenda nem planner, é apenas um fichário que vem com divisórias e post-its. Mas atualmente é meu planner e deu super certo. Além de ter refil das folhas e divisórias, então no final do ano é só guardar tudo em uma pasta e colocar os novos. Adorei, vou poder usar para sempre *-*.

5 – Sketchbook – Esse sketch eu comprei há umas duas semanas no stand da Pintar que estava tendo na faculdade. É da Canson e paguei R$ 17,50 (desconto para alunos da Santa Marcelina). Na minha faculdade os professores avaliam os processos criativos, ou seja, como você chegou naquela ideia, naquele desenho, naquele projeto, então é nesse caderno que eu coloco tudo de todas as matérias. Meu ano letivo fica todo acumulado em um único caderno, que eu costumo chamar de ‘caderno de ideias’ e ele vai para todos os lugares comigo, sempre.

6 – Fone de ouvido. Aqui não é muito questão de organização, mas como estava ai eu não podia deixar de lado. Sempre coloque o fone, ninguém é obrigado a gostar das músicas que você gosta!

7 – Livro. – No caso é “Preciso rodar o mundo”, mas todo mês eu tenho um novo – minha promessa de 2015 é ler um livro por mês. Me ajuda muito, porque eu pego metrô e ônibus lotado, e para não me irritar com as pessoas inconvenientes eu leio, assim fico perdida no meu mundo particular e não me preocupo com o mundo afora. É muito bom sempre ter um livro, faz bem para a imaginação, criação e sanidade.

880d1b85aea1050d4da330107916dc18

(Até o final desse post eu já havia terminado esse livro, então comecei “A câmara clara – Roland Barthes”, que é fininho e me mantém dentro do mês de fevereiro – livro de março é “Quem é você, Alasca? – John Green”).

8 – Estojo. – Esse é laranja (minha cor favorita) e eu o comprei na mesma papelaria do planner, paguei R$ 19,90. Porque eu o quis? Primeiro ele cabe dentro do meu planner, então fiz quatro furinhos nele, e normalmente ele fica preso e guardado no meu planner, mas outro motivo é que ele é grande. Quem faz moda, ou qualquer outra carreira artística sabe, temos muitos materiais de desenho. Vários lápis, várias canetas, borracha, tesoura, cola e por ai vai, então assim eu consigo deixar tudo junto, não ficando na mão quando preciso de alguma coisa em aula.

9 – Celular. – Esse é o meu novo celular, que ganhei de natal, já que o meu antigo pifou. O coloquei aqui, porque além de ser algo que sempre está na minha bolsa ele é outra fonte de organização, eu tenho o aplicativo Evernote, que fica sincronizado com o que tenho no computador, então quando arquivo alguma coisa, posso acessar de qualquer fonte. Além da minha agenda online, minha carteira online que me ajuda com as contas e outros aplicativos úteis que posso falar mais em outro post (me avisem).

10 – Água!!! – Essa garrafinha em particular é meu amor momentâneo, porque cabe 1 litro de água nela, e não a acho muito grande. Paguei R$ 2,00 na Kalunga. E eu ando SEMPRE com água. Primeiro foi por causa de dieta, mas nesse calor eu sinto sede o dia inteiro, e se hidratar nunca é demais. Meu professor de biologia sempre disse que não temos que beber muita água, apenas a quantidade que nosso corpo pede. Tudo que é em excesso faz mal, então tente fazer o teste, um dia não beba nada além de água pura, você vai ver como seu corpo realmente pede, é que as vezes como bebemos refrigerante, suco, achamos que precisamos de mais e mais água, mesmo não sentindo sede. Mas não precisa. É claro que água é sempre a melhor opção, mas tome só quando necessário.

11- Chaves e chiclete.

12 – Guarda-chuva. – Pode não ser um item de organização, mas quem é organizada e prevenida sempre tem guarda-chuva, ainda mais com esse tempo doido da terra da garoa, onde está um sol de 40º e de repente caí uma chuva de arrastar carros ladeira abaixo. Sempre levo comigo dentro de uma sacolinha plástica, assim quando entrar no ônibus guardo e não molho ninguém.

13 – Carteira. – Essa eu comprei faz uns cinco meses, por ai, no centro de Santo André, por R$ 9,99. Amei por ser mostarda e eu estar apaixonada por tudo que é mostarda e amarelo ultimamente, mas ela é muito boa por conta dos compartimentos. Como podem ver na imagem eu tenho muitos cartões, papéis e dinheiro que tenho que ter todo dia comigo, então uma carteira com vários compartimentos me ajuda a perder menos as coisas. Deve-se ter o mesmo cuidado com sua carteira que se tem com sua bolsa. Precisa-se pensar se ela tem todos os compartimentos que precisa, se ela é resistente, se está bem costurada, se suas moedas não vão sair voando, se seu dinheiro não vai cair, tudo isso! Carteira é algo muito importante, mas não indispensável, então se não for do jeito que precise nem compre!

14 – Documentos – Calma, vou explicar, porque não é indispensável e você pode não comprar. Eu falei que você tem que tomar muito cuidado com a carteira que escolhe, e caso você seja como eu ‘que mesmo encontrando A carteira nunca a acha boa o suficiente’ – sou assim com bolsas também – você pode sempre organizar seus documentos e cartões na bolsa. Nessa mochila, por exemplo, no bolso individual da frente, tem compartimento para isso. Na bolsa normalmente tem aqueles bolsinhos na lateral que servem bem. O importante é sempre ter os documentos certos em mãos. RG, bilhete único, carteirinha da faculdade, moedas, dinheiro (sempre bom ter, nem que dez reais na carteira, para emergências), papel com números importantes anotados (aqui é no caso do seu celular pifar e você não lembrar alguns números de cabeça – era da tecnologia, discagem rápida, faz isso com a gente).

15 – Bolsa organizadora/porta-marmita – Essa bolsinha, sonho de consumo, ganhei da minha prima linda, de aniversário. Originalmente ela é uma bolsinha organizadora (de bolsas) que ela comprou na Le postiche (não sei quanto foi, porque foi presente), mas como sou uma trabalhadora pós faculdade, eu levo minha marmita. Ela é maravilhosa porque cabe certinho minha marmita e os talheres, além de ter lugar para minha carteirinha e celular, então quando vou almoçar só pego ela, coloco o que preciso e posso deixar minha mochila imensa descansando na faculdade.

16 – Necessaire. – Por último, mas jamais menos importante, necessaire. Tanto meninos quanto meninas precisam ter uma, principalmente se você passa o dia fora de casa. É o lugar certo para você manter sua vida organizada, cheirosa e sempre pronta para tudo. Essa bolsa perfeita que cabe tudo e é linda, eu ganhei da minha chefe de natal e amei. Ela tem um compartimento para a escova de dentes e a pasta, e é onde eu coloco tudo. Desodorante, perfume, base, rímel, creme para as mãos, álcool em gel, bepantol, band-aid, absorvente, enfim, tudo o que preciso durante o dia para manutenção da minha apresentação física. É indispensável na bolsa de qualquer pessoa, e precisa ser tão criteriosa quanto com a carteira e a bolsa/mochila.

Enfim, isso é tudo o que tem na minha bolsa e que me ajuda a manter meu dia e vida organizada. Espero que tenham gostado e até a próxima.

Beijinhos :*