The New Chic

The new chic
Pensar em tanta liberdade para se vestir e se expressar não era possível no ano em que eu nasci – não, eu não estou ficando velha ou passando por crises de meia idade – a moda se transformou. Apesar de modismos irem e virem, hoje temos a liberdade de escolher como e onde usaremos nossas roupas – sem censura, apenas com bom senso.
Apesar de sofrer do mal do tédio por não ter centenas de peças divertidas dando sopa no meu armário, combinando peças básicas eu acabo encontrando um meio termo. A calça boyfriend continua sendo uma escolha – só não use no escritório.
Cansou do jeans básico? Compra uma calça colorida, ou manda tingir alguma calça entediante que você não aguenta mais ver! Para quem vive em terras tupiniquins a Hering é uma boa opção, o preço é justo, o corte fica legal (pelo menos em mim) e a cartela de cores é bem variedade. Dica do dia: enjoe do combo calça+botinha (dias frios) e calça+sapatilha (dias normais), mudando a cor, o look inteiro acaba mudando.
Vocês já perceberam que eu sou maníaca por bolsas né? Eu sou uma dessas pessoas que acredita que uma bela bolsa e belos óculos escuros fazem o seu modelito. Para não errar, eu dou a dica do look preto dos pés à cabeça (surpresa!), mas desta vez com um colar e um casaco de tirar o fôlego. Não tem como errar. Ps. As cores do seu look ficam por conta do casaco.
Quer algo mais confortável do que alpargatas!? Só um converse  ou vans mesmo. Os colares são para os dias que a gente quer ser notada, senão ficamos com as combinações feitas com as peças básicas – e as bolsas aqui tornam-se as peças-chave.

 

E se você estiver sem dinheiro para investir em peças novas, invista em acessórios – com a expansão do e-commerce tem tanta coisa online com precinhos camaradas… mas isso é assunto para outro post!

Espero que tenham gostado!