Tratamento para pele oleosa – Parte I

Quem tem a pele oleosa levanta a mão o/

Há muito tempo atrás eu tinha a pele desidratada e hoje ela é oleosa. Estranho? Sim, mas com esse tempo de Brasília pode acontecer de tudo mesmo com a nossa pele.

Como eu trabalho com estética e comecei a me cuidar e a entender bem mais sobre esse assunto, resolvi compartilhar um pouco com vocês.

Existe um aparelho, que algumas clínicas de estética oferecem, que se chama Dermaview. Nele você consegue visualizar sua pele profundamente.

Funciona assim: você coloca seu rosto dentro do aparelho, o profissional acende a luz ultravioleta e todas as suas imperfeições começam a brilhar. É assim mesmo! Tudo brilha e a gente fica desesperada hahaha

Dá pra ver exatamente onde a oleosidade do seu rosto se concentra (ou você percebe que TODO o seu rosto é oleoso, como é o meu caso), dá pra ver manchas superficiais e profundas (assim a profissional consegue determinar o melhor tratamento para as suas manchas) e várias outra imperfeiçõezinhas, como olheiras.

Quando a pele é oleosa, aparecem pontinhos laranjas. Nessa foto aí de baixo dá pra ver um pouquinho na região do nariz e bochecha.

Depois de uma avaliação num aparelho como esse, eu me toquei que deveria me cuidar bem mais. Não tenho manchas, mas minha pele é mega-ultra-power oleosa. Geralmente não dá pra perceber porque não sou daquelas que ficam brilhando, sabe? Mas sempre aparecem cravos e espinhas, o que é um sinal de excesso de óleo na pele.

Comecei a fazer tratamento com peelings químicos (Ácido glicólico, por exemplo), esfoliação, sabonetes de limpeza e protetor solar que controla a oleosidade.

O resultado foi muito bom, mas esse é um tratamento lento. Ou seja, temos que ter muita paciência e não desistir. Minha pele já está bem melhor, mas ainda não chegou ao que eu quero. Tenho um longo caminho pela frente..

Resolvi criar esses dois posts com os produtos que eu uso e que mais gosto. Dividi assim pra ficar menor e mais fácil de entender como cada um funciona.

20140205_141622

O primeiro é o esfoliante Pore Penetrating Clearskin da Avon. Gosto porque ele não tem os grãos muito grandes (que podem machucar sua pele) e dá uma sensação de frescor muito boa. As vezes até arde um pouquinho, mas não é nada de mais. Gosto de usá-lo no banho porque dá um certo trabalho de retirar depois, então com a água do chuveiro é mais rápido. Se conseguir usar 1x na semana tá ótimo, mas tenta usar 2x!

Começo o meu banho e mais ou menos na metade, desligo o chuveiro e e esfrego bem no rosto inteiro. Dou uma atenção maior para as áreas mais oleosas tipo testa, bochechas e nariz. Tentem colocar um pouquinho de força. A intenção não é machucar, mas também não pode ser um carinho. Queremos retirar a pele morta dali de cima, lembrem-se!

20140205_141628

Esse segundo produto é a Máscara facial removedora de cravos, também da Clearskin da Avon. Gosto dela porque ela é plástica. Daquelas que a gente passa uma camada e depois retira inteirinha.

Uso pelo menos uma vez na semana e passo uma camada generosa da máscara. Se você economizar demais, na hora de tirar não sai inteira e você vai querer me matar de tanto trabalho que vai ter. Ela é baratinha, pode ficar tranquila! Gasta, vaaai!

20140205_141637

Na próxima parte eu vou falar sobre o gel de limpeza profunda e o protetor solar que controla a oleosidade, ambos da ROC. Os dois também são bem bons, mas vou explicar direitinho sobre eles no próximo post.

Espero que eu tenha conseguido explicar como o tratamento de pelo oleosa é importante e que podemos fazer isso sem gastar tanto. Os produtos da Avon não são caros e são ótimos! Vale a pena!!

Beijos!