Acessórios: uma boa ideia sempre

Se para muitos a roupa é atração principal de um look – para outros os acessórios fazem parte do show. Muitas vezes investir nos detalhes é uma opção para dar um upgrade no seu look – e aos poucos se deparar com uma infinidade de objetos/acessórios que têm muito mais a dizer do que um simples sweater da moda.

Abra os olhos!

Apesar da grande maioria acessórios vistos em fotos de street style serem inacessíveis para a maioria dos meros mortais – como eu e muitas de vocês – dá para encontrar muita coisa em brechós e feiras, sem contar com a multiplicação das lojas de acessórios online e nas cidades. É procurando que se acha, sem contar que para as talentosas o céu é o limite: mãos a obra nos projetos DIY! Nada mais saudável e chique! Super in!

More please!

Apesar de pertencer ao time das que optam por acessórios mais delicados – por combinarem mais com a minha personalidade e com o meu “combo diário jeans+camiseta” – muitas vezes pode parecer entediante, mas são um reflexo da minha personalidade. Um certo exagero sobreposto pode ser uma boa combinação se você tiver as roupas e a atidude que estas inovações demandam das usuárias de moda. Tá valendo tudo! Então se jogue!

Basics

Eu deixo as extravagâncias para as que conseguem usá-las, sem repressão ou julgamento. Minha praia são as peças mais minimalistas e quando ouso aumentar o tamnho de um brinco opto por peças artesanais.

E fico com as peças mais clássicas – a combinação de peças que juntas dizem mais do que usar marcas e logo dos pés a cabeça.

Pequenos grandes protagonistas

Em dias nos quais tudo é permitido – com algumas excessões pessoais que não valem a pena serem enumeradas – os acessórios fazem a diferença e dão um toque de cor, classe, modernidade entre muitas outros toques – na sua produção.
E são investimentos duráveis, que não acabam em um ou dois anos como muitas roupas datadas que compramos no auge dos modismos. Por isso os melhores investimentos são os clássicos.

Clássicos permanecem clássicos.

A combinação de peças atuais com acessórios clássicos mostra que você não é uma vítima da moda que enche o armário com as novidades, mostra que você contrói um estilo pessoal com o tempo, combinando peças de diferentes estações e designers/marcas.

A diferença está nos detalhes.

Nas peças/acessórios que encontramos e a que damos significado – criamos uma relação com os nossos “ornamentos” criando assim – gradualmente – uma imagem formada por objetos cheios de siginificados e que façam parte das experiências de nossas vidas. A banalização do consumo destrói os pequenos prazeres da vida. Que podem também vir em forma de acessórios.

Invista em exclusividade!

Alguns mimos valem a pena por serem peças exclusivas e de qualidade, como o anel Olla, criado pela dupla Silva & Bradshaw, uma dupla do Brooklyn (NY) que faz toda a diferença. Você encontra aqui. Para ver mais acessórios, basta dar uma olhada na loja online da dupla.

Marca é o de menos.

Quantas bolsas, anéis e lenços encontramos em feiras e mercados – até no supermercado – e que são tão lindas quanto as peças caras das vitrines dos shoppings. O valor é contruído através da relação e dos momentos que passamos com as nossas roupas.  O que vale é o design e a qualidade do produto – não apenas o logo.

Locals

Invista em peças de artistas locais e de feiras da cidade onde você mora. Não tem nada melhor que usar um anel ou uma pulseira comprada em uma viagem ou em uma ocasião especial.Tem mais valor do que qualquer coisa comprada por impulso em um dia ruim.

Mais qualidade – e menos quantidade.

Para quem pode, é a melhor opção quando a idéia é investir em algo mais duradouro e de mais valor.

Pesquisa é tudo!

Tem muita coisa com preços mais amigáveis na internet – esse anel é um ótimo exemplo, e você encontra aqui. Quem quer arrematar peças legais tem que ficar atenta aos novos designers e passar algum tempo online.

Boas compras e viagens – e memórias para todo mundo!

♥ 

photos_vogue.de, honestlywtf, pinterest