Você se veste para quem?

Será que as mulheres se vestem para elas ou para os homens? Para quem você se veste?

closet 2Anos assistindo Sex & The City, devorando revistas de moda e não deixando passar desfiles de moda, me fizeram questionar o que se passa na nossa mente na hora de se vestir.closet 1Acredito que muitas vezes nos vestimos para agradar alguém, sim. Temos que ser honestas. Alguns looks que escolhemos agradam mais aos olhos de quem nos verá do que aos nossos próprios olhos.

Leandra Medina – A rainha do Man Repelling

Eu confesso que há algum tempo deixei de querer agradar aos outros, passei a tentar me agradar, mesmo sabendo que críticas e comentários desagradáveis poderiam surgir. Eu que não uso salto, que adoro listras, calças jeans e um esmalte preto, sou muitas vezes criticada pela forma como me visto, e do fundo do meu coração preciso dizer que isso já não me afeta mais.

closet 3

Sobreposições fazem a minha cabeça, mas será que fazem a sua?

Não seguir as regras sempre gera críticas, e muitas vezes ser criticada incomoda um pouco. A verdade é que eu aprendi com o tempo a gostar dessas criticas. Aprendi que existe um conceito na forma como eu me visto e procuro mostrar um pouco do que eu sou através do que eu uso.

closet 4Não estou dizendo que meu estilo é estático, muito pelo contrário, acho que ao longo dos anos vamos aprendendo com filmes, pessoas, séries, estilistas, livros e com a vida a gostar do novo, gostar de coisas que não usamos e vamos adicionando pequenos detalhes ao nosso modo de se vestir.

Ser feliz com o estilo que você cria para si mesma

Mostre que você é sem medo

Eu já ignoro olhares estranhos, já não me irrito com mulheres e homens acostumados a consumir apenas o que está nas vitrines de maneira pronta e sem personalidade. A comprar o look inteiro de uma mesma marca, sem perceber que a beleza da moda está na mistura de estilos e de marcas.

Mostre que você é sem medo

Eu que sou louca por óculos e bolsas me pego criando um estilo esquisito onde bolsas maravilhosas são usadas com peças mais simples. Eu adoro usar meus óculos Celine com um jeans qualquer, um chinelo qualquer – essa sou eu. Gosto da minha Mulberry Alexa combinada com a seção básica da C&A, Zara ou com aquela camisetinha da Zara.

closet 6Aprendi que eu sou um pouco de tudo, misturado e adaptado a minha realidade. Dou o toque Paula ao mocassim da Gucci que tanto amo ao usá-lo com uma regata da praia ou com um jeans sem marca.

closet 7Acredito que faz parte de mim mostrar o meu eu através das roupas que uso, misturando um pouco de tudo com mais um pouco, aquele mais um pouco da feira, dos hippies na estrada.

Cada um se veste como quer, porque estilo é pessoal e intransferível

Eu procuro em cada canto do meu armário um pouco do meu eu, e quando canso passo pra frente, porque é me livrando do que não uso mais, do que não combina mais comigo que abro espaço para a construção de um novo eu, moldado a partir das minhas novas escolhas e do que eu aprendo a gostar a cada dia.

“Para ser insubstituível, você precisa ser diferente” Coco Chanel

Moda pra mim é isso, a construção do meu eu. Uma forma de mostrar ao mundo um pouco do que eu sou. E pra você, o que é moda?

photos_google images, manrepeller