Tudo que você precisa saber sobre poros faciais

Você sabe o que são poros faciais? Sabe para que servem?

Existem vários mitos em relação a essas pequenas estruturinhas da nossa pele e hoje vou esclarecer o máximo que puder. Para isso, selecionei um artigo bem legal que fala sobre o assunto e decidi fazer um resumo dele aqui pra vocês.


Poros Faciais

Por definição, os poros faciais são cavidades aumentadas dos folículos pilossebáceos, ou seja, são os buraquinhos por onde saem pelos e suor. Quando eles ficam maiores do que o normal, são os chamados poros aparentes.

Porém, o poro pode ser formado por:

  • Pelo e glândula sebácea OU
  • Apenas por pelo OU
  • Apenas por glândula sebácea.

Outro artigo definiu como poro, qualquer coisa na pele que tenha a forma arredondada e seja maior que 0,2 mm.

Como não vamos medir, usamos apenas os olhos para identificar e isso torna qualquer coisa redondinha e visível, como poro. Então, na prática, depende da avaliação facial mesmo.

Entendido?


Tipos de poros faciais

  1. Poros visíveis = 0,1 a 0,6 mm
  2. Poros aumentados = 0,3 a 0,6 mm
  3. Poros com cravo = visível e escurecido

Pelos dados, percebemos, então, que todo poro aumentado é considerado visível, pois conseguimos enxergar o buraquinho, mas nem todo poro tem a presença do comedão, que é o famoso cravo.

E só por curiosidade: o cravo que não entra em contato com o ar/oxigênio, permanece clarinho e apenas quando entra em contato, escurece.


Características básicas

Depois de entendermos o que são, de fato, os poros e quais os tipos existentes, vamos aprender um pouco mais sobre as características deles.

Eles são estruturas dinâmicas e não são fixos, ou seja, não necessariamente teremos poros sempre no mesmo lugar.

Outro ponto importante é que ainda não existem estudos suficientes sobre o porquê dessas estruturas ficarem mais aparentes e não sabemos exatamente o que causa essa chatice na nossa pele, ok?


Causas de poros dilatados

  • Fatores exógenos (externos)
    • Cosméticos
    • Medicamentos
    • Limpeza errada
    • Exposição solar
    • Radiação ultravioleta (UV)
  • Fatores endógenos (internos)
    • Gênero
    • Idade
    • Predisposição genética
    • Acne
    • Seborréia
    • pH

Alguns estudos mostram que mulheres tem maior incidência de poros dilatados do que homens, acredita? Mas outros, indicam que os homens tem mais poros com cravos. Por mim, tudo bem. Prefiro sem cravinhos hehehe e por você?

Também observaram, por meio de equipamentos e microscópios, que a estrutura dos poros as vezes se parece com estalactites e outras vezes com estalagmites. Lembra da diferença?

As estalactites crescem do teto em direção ao chão, enquanto as estalagmites crescem do chão em direção ao teto. Neste caso, teto = epiderme, camada mais externa, e chão = derme, camada mais interna.

E uma curiosidade é que as estruturas que vão de baixo pra cima (da derme pra epiderme), normalmente estão associadas com cavidades mais largas/mais aparentes e alterações no tom de pele.

Portanto, basicamente, temos 3 possíveis causas:

  1. Excreção aumentada de sebo/óleo
  2. Elasticidade diminuída na pele ao redor dos poros
  3. Aumento do volume dos folículos pilosos e raiz dos pelos

Largura do poro

Como pode ser formado por folículo piloso, que contém pelo, o tamanho é influenciado pela quantidade de células que formam a sua raiz. Então, quanto mais grossa for a raiz do pelo, maior pode ser o poro e quanto mais fino o pelo, menos aparente o poro.

Para nós, mulheres, a largura do poro é influenciada também pela quantidade de hormônio no organismo e consequentemente de sebo. Isso faz com que durante a ovulação e a menstruação, a aparência dos nossos poros mude, podendo ficar mais visíveis.

Quando temos acne, as vezes surge uma espécie de cicatriz na região e no poro e isso faz com que o tamanho do folículo aumente e fique mais aparente. Além disso, é uma região com mais propensão a ter obstruções pelo aumento de sebo ou poluição e tudo isso dará essa sensação de poros mais visíveis.


Localização do poro

Por estar diretamente relacionado com a excreção de sebo, encontramos mais poros na área do nariz, bochecha e parte superior do rosto.

Para comprovar isso, os autores usaram um dispositivo que mediu o sebo em 81 áreas do rosto e notaram concentração maior exatamente nos locais que citei e que estão vermelhos na imagem abaixo.


Tratamento

Antes de tudo, quero deixar claro que cada pele é um MUNDO e por isso não existe nenhum padrão ou “receita de bolo” pra nada. Então, os tratamentos devem ser personalizados e pensados exclusivamente para cada pessoa.

E agora vamos às conclusões do artigo..

Apesar do grande número de medicamentos e cosméticos com o apelo e a finalidade de diminuir a aparência dos poros, ainda não existem estudos suficiente para comprovar a eficácia dos mesmos. #climão

Então não tem jeito? TEM! Mas presta atenção:

Como deu pra perceber pelas explicações acima, PORO VISÍVEL não é algo que possa ser tratado diretamente ou individualmente. Temos que tratar coisas que tem isso como efeito colateral, como o aumento da oleosidade e excreção de sebo.

  • Protetor solar
  • Retinóides
  • Isotretinoína oral ou roacutan
  • Contraceptivos orais + espironolactona
  • Ácido glicólico e salicílico
  • L-carnitina tópica
  • Niacinamida a 2%
  • Toxina botulínica intradérmica
  • Terapias fotodinâmicas
  • Laser erbium para fototipo III a IV
  • Radiofrequência fracionada com microneedling
  • Depilação com laser de diodo e luz pulsada
  • Dietas com pouco carboidrato de alto índice glicêmico

MAS….. você sempre precisa de um profissional especializado e um dermatologista pra te auxiliar nos tratamentos, ok? Portanto, não explicarei a fundo nenhum tratamento kkk

Marca aqui uma consulta e bora ver o que é melhor pra você!


Artigo

Quem quiser ler, coloquei o artigo abaixo. Eles está em inglês, mas não é muito difícil de entender e também dá pra colocar no tradutor.